Home > VAGAS > Suframa avalia 23 projetos e cinco agropecuários que somam 2 mil empregos

Suframa avalia 23 projetos e cinco agropecuários que somam 2 mil empregos

Suframa avalia 23 projetos e cinco agropecuários que somam 2 mil empregos

O evento será realizado por meio de videoconferência e poderá ser acompanhado em tempo real no canal oficial da Suframa no YouTube

A 293ª Reunião do CAS será presidida pelo secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa

O Conselho de Administração da Suframa (CAS) realiza nesta quinta-feira, 27/08, às 9h, a 293ª Reunião Ordinária, com o objetivo de avaliar pauta com 23 projetos industriais e de serviços, sendo nove de implantação e outros 14 de diversificação, atualização e ampliação, que somam investimentos totais de cerca de R$ 1,4 bilhão e estimam a geração de 2.200 empregos diretos a partir do terceiro ano de funcionamento das linhas de produção. Adicionalmente, serão analisados cinco projetos agropecuários, com investimentos previstos de R$ 17,2 milhões e a geração de 122 empregos, entre mão de obra fixa e variável, em até cinco anos.

Em virtude das medidas de prevenção adotadas para o enfrentamento à pandemia ocasionada pela Covid-19, o evento será realizado por meio de videoconferência e poderá ser acompanhado em tempo real no canal oficial da Suframa no YouTube (). A 293ª Reunião do CAS será presidida pelo secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, e contará com a participação do superintendente da Suframa, Algacir Polsin, de conselheiros representantes de diversos ministérios, entidades de classe e parlamentares, entre outros.

Destaques da pauta
No segmento eletroeletrônico – um dos mais tradicionais do Polo Industrial de Manaus (PIM) – destaque para o projeto de implantação da Cal-Comp Indústria de Semicondutores para produção de circuito integrado eletrônico tipo memória, pelo adensamento da cadeia de componentes, com investimentos previstos de R$ 428 milhões, sendo R$ 197 milhões em capital fixo e geração de 138 empregos; e para o projeto de ampliação e atualização da Semp TCL, visando à produção de televisor em cores com tela de cristal líquido, com investimentos adicionais de R$ 400 milhões e 682 novos postos de trabalho.

Inovando na produção, a Flex Importação Exportação, apresenta projeto de diversificação para fabricação de dispositivo de monitoramento de consumo de energia elétrica com transmissão de dados (tomada inteligente), com investimentos previstos de R$ 16 milhões (R$ 9 milhões de capital fixo) e geração de 28 empregos. Trata-se de um produto desenvolvido no Amazonas, resultado de investimentos da empresa em P&D.

No agropecuário, destaque para o projeto de implantação da WR Diniz & Cia, para culturas diversas e unidade de processamento de polpas de frutas, ocupando uma área de mil hectares no Distrito Agropecuário da Suframa (DAS), investimentos previstos de R$ 5,6 milhões em cinco anos e ocupação de 73 trabalhadores, entre mão de obra fixa e variável.

Análise
O superintendente da Suframa, Algacir Polsin, ressaltou a importância do número de empregos da pauta no atual cenário de pandemia. “A criação de mais de 2 mil novos postos de trabalho já demonstra uma recuperação econômica gradativa na região. Essa diversificação da pauta também é importante por sinalizar o crescimento de segmentos que não são tradicionais no Polo, trazendo novos investimentos para o PIM”, afirmou.

Outro ponto relevante, segundo ele, são os projetos agropecuários, que vêm ganhando força. “A Resolução nº 71/2019 trouxe importantes ganhos para o setor agropecuário, com o processo para a concessão de lotes e a regularização fundiária, tão esperada pelos ocupantes do local. São medidas que deverão fortalecer os produtores já existentes e ainda atrair novos investidores para a criação de um distrito bioagroindustrial, que é a nossa intenção”, afirmou.

Via: Toda Hora

Leave a Reply